Quando A Masturbação Se Torna Um Vilão Para Ejaculação Precoce

Masturbação pode não ter nada a ver com ejaculação precoce, mas ao mesmo tempo pode ter tudo a ver com como não gozar rápido. E como saber se a masturbação está sendo uma vilã na sua vida sexual?

Em primeiro lugar não há absolutamente nada de errado com a masturbação. É uma maneira natural de conhecer seu corpo e cada um no seu tempo faz isso de um jeito ou de outro no decorrer da vida.

O que é a masturbação?

A  masturbação é o ato de se auto estimular nas regiões genitais ou pontos de prazer pelo corpo a fim de se alcançar prazer sexual culminando em orgasmos e é o mais conhecido e praticado método para esse auto conhecimento no que tange a vida sexual, e justamente por isso recebe muitos estigmas e rumores.

A masturbação pode ser responsável pela ejaculação precoce?

Existem diversos rumores que afirmam que a ejaculação precoce é causada por masturbação excessiva.

A masturbação tem se mostrado um comportamento sexual saudável para muitos adolescentes, jovens e adultos adeptos dos vídeos pornos, o ato de masturbar-se ensina como alcançar um orgasmo com mais facilidade

Nesse ponto ela pode ser uma grande aliada para quem está passando por esse probleminha que é a ejaculação precoce.

Entretanto, a masturbação excessiva pode causar desequilíbrio de hormônios e aumentar os níveis de estresse, que é uma das principais causas da ejaculação precoce.

Assim, como outros comportamentos a masturbação e a ejaculação frequentes estimula as funções nervosas parassimpáticas ocasionando pontos de desequilíbrio no seu organismo que vão refletir em sua vida sexual.

Homem decepcionado pela sua situação

Muitas das vezes essa prática pode levar até o indivíduo à alcançar estágios de vício que resultará em momentos de exaustão sexual.

E nesse ponto aquela mão amiga acaba por se tornar uma vilã. Logo, a masturbação excessiva tem seus efeitos colaterais.

Em outras palavras a masturbação pode lhe colocar numa situação na qual devido ao cansaço a relação sexual será executada de forma a inferior e rápida, onde a presença da ejaculação precoce pode ser evidenciada, bem como o cansaço físico para outra práticas.

A masturbação excessiva pode ainda provocar mudanças químicas no seu corpo que também podem atuar na causa da ejaculação precoce por meio de quadros de estresse, e outras podem causar outras situações relacionados como a polução noturna e na ereção causar dor, falta de controle e ereções insustentáveis, a chamada meia bomba.

Conclusão

Sendo assim, a masturbação pode levar a ejaculação precoce se for feita incorretamente.

Não é sobre a frequência com que você faz, e dito isso, não se recomenda masturbar-se 24/7 por 365 dias por ano. Mas, o principal ponto é por quanto tempo você faz uso dessa prática.

Se apressar a masturbação na tentativa de alcançar o orgasmo rapidamente, estará treinando seu corpo para terminar rapidamente, mas se treinar a resistência até chegar ao orgasmo, a mesma se tornará uma prática aliada para o tratamento da ejaculação precoce e autoconhecimento que se traduzirá na longevidade na cama.

Portanto, a masturbação não o levará a desenvolver a ejaculação precoce. Mas, se masturbando de forma excessiva, você poderá desenvolver uma satisfação rápida e insatisfatória para suas expectativas numa relação sexual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *