Aprenda Agora Como Eliminar a Ejaculação Precoce

Ejacular antes do desejado, poucos instantes após a penetração ou até mesmo antes da penetração é uma consequência da ejaculação precoce. Esse é o mal mais comum relacionado a ejaculação.

A ejaculação precoce não atinge apenas o homem, mas também sua parceira, porque acaba causando uma grande frustração nos dois e também o parceiro dificilmente tem satisfação sexual.

Casal afetado pela ejaculação precoce

Na maioria das vezes a ejaculação precoce é causada por problemas psicológicos. Por exemplo, a culpa, a ansiedade, a depressão ou até mesmo o fato de não ter experiência no ato sexual. Esse último ocorre com certa frequência nos que estão iniciando a vida sexual.

Entretanto fatores físicos e biológicos também podem acarretar o problema de ejaculação precoce, não é tão comum quanto os psicológicos, mas acontecem. Por exemplo, ações de medicamentos, lesões ou até questões do equilíbrio hormonal.

Tenho ejaculação precoce ou não?

Saber o tempo adequado para uma relação sexual ou para a duração da ereção é algo muito relativo, pode variar de casal para casal. Tem gente que considera que o ideal é uma ejaculação após um 15 min depois da penetração.

Uma pesquisa interessante avaliou casais em diversos países, chegando a conclusão que o tempo médio para ocorrer a ejaculação é de 5 min após a penetração. Considerando então que os homens com ejaculação com menos de 2 min depois da penetração provavelmente sofrem de ejaculação precoce. Ou ainda os que ejaculam antes mesmo de acontecer a penetração.

5 dicas para evitar a ejaculação precoce

Se você se identificou com a situação acima, se você acreditar te ejaculação precoce, então procure um especialista o quanto antes.

Além disso, existem algumas coisas que você pode fazer para evitar que ejacule prematuramente. Nós separamos 7 dicas, veja!

1 – Use camisinha

Sim, a camisinha diminui a sensibilidade peniana, isso vai ajudar a evitar que a ejaculação aconteça. Além, claro, de prover proteção contra as doenças sexualmente transmissíveis.

Só não uso aqueles preservativos extrafinos, porque o objetivo deles é justamente de aumentar a sensibilidade peniana. Tudo o que você não precisa no momento.

2-Pare de pensar só em orgasmo

Isso mesmo, o sexo é muito mais amplo do que apenas o orgasmo em si. Aproveite todos os momentos, não vá com muita sede ao pote. Isso vai ajudar você a controlar sua excitação.

3 – Aperte o períneo

Essa região aí entre o ânus e o saco escrotal se chama períneo, ao pressioná-la pode te ajudar a segurar um pouco sua ejaculação. É uma técnica que você pode usar de vez enquanto. Porém, reforçando, procure um especialista para resolver de uma vez por todas o seu problema de ejaculação precoce.

4-Converse

É verdade que a maioria dos homens não curte muito ficar conversando sobre sentimentos. Mas isso pode ajudar. Pode aliviar você. Converse então com sua parceira, deixe tudo bem esclarecido e conte com a compreensão dela para superar o problema.

5-Escolha outras posições

Existem posições sexuais que vão te ajudar no controle ejaculatório. Por exemplo, a sua parceira por cima vai ajudar bastante.

Conclusão

Sigas as dicas acima, não apenas leia, mas coloque em prática. Mas se mesmo assim seu problema não for resolvido, então procure um médico especialista para que você possa iniciar um tratamento.

Você sabia que a obesidade prejudica a relação sexual?

Uma coisa todo mundo sabe, a obesidade não faz bem para ninguém. São extremamente conhecidos diversos efeitos negativos que ela acarreta. Alguns deles são o aumento do colesterol, aumento de açúcar no sangue, problemas para respirar adequadamente, dificuldades no sono e outras questões arteriais prejudiciais.

Mas o que você não sabia é que a obesidade afeta o ato sexual também e de forma bastante negativa. É sobre isso que vamos falar em maiores detalhes aqui hoje.

Sem preconceitos

Obesidade afeta mulheres e homens e pode causar ejaculação precoce

Este site fala principalmente de problemas que afetam a vida sexual masculina, problemas relacionados a saúde do homem, porém este artigo é um pouco diferente, porque a obesidade pode afetar tanto homens quanto mulheres e causa problemas diretos na vida sexual de ambos.

O excesso de peso pode acarrear a queda do hormônio testosterona, que está diretamente ligado ao desejo sexual. Com essa queda, cai também o desejo sexual, tanto no homem quanto na mulher.

Efeitos que causa no homem

Homem com obesidade

No homem, pode causar problemas circulatórios e cardíacos, que podem afetar diretamente o a ação de manter uma ereção, dificultando isso. Também pode afetar a autoestima e levar a problemas psicológicos que acabam levando à problemas durante a elação sexual. Isso pode até mesmo causar a ejaculação precoce.

Pesquisas indicam que muitos dos homens que tem ejaculação precoce também estão acima do peso.

Se você quiser saber mais sobre ejaculação precoce, veja este artigo aqui que nos preparamos para você.

Efeitos que causa na mulher

Mulher com obesidade

Como disse no início, a obesidade não afeta somente a relação sexual dos homens, mas também das mulheres. Os problemas circulatórios também afetam as mulheres, nesse caso o fluxo sanguíneo pode não chegar adequadamente ao clitóris. Isso é bem ruim, pois diminui o prazer da mulher durante o ato sexual.

Como fica a situação do casal

Os efeitos do excesso de peso para o casal são extremamente negativos. Eles vão desde questões físicas que dificultam o ato sexual até a perda de confiança para se relacionar durante o sexo.

Com o excesso de gordura acumulada no abdômen, o que comumente chamado de barriga/pneu, acaba causando dificuldades na hora da penetração, diminuindo o prazer. Fora que existem posições sexuais que se tornam extremamente difíceis de serem praticadas.

Também é comum ocorrer que o homem tem a sensação de que o pênis está menor e isso o afeta psicologicamente. Afetando a relação do casal.

O que é necessário fazer?

Como vimos, a obesidade pode causar muitos problemas para a relação sexual. Porém, existem medidas que podem ser tomadas.

Melhorar a alimentação é a primeira delas. Além de praticar atividade física. Esses são os pontos essenciais para uma melhora de forma geral.

Boa alimentação

O que vocês também podem fazer é procurar ajuda de um bom profissional. Nutricionistas são indicados para esses casos, além de outros profissionais especialistas.

O acompanhamento com um psicólogo também pode ajudar, principalmente se houver caso de depressão ou outros problemas psicológicos que estejam afetando o casal.

Os benefícios das mudanças de hábito e do acompanhamento especializado

Seguindo as orientações escritas acima muitos podem ser os benefícios tanto para o homem, quanto para a mulher.

A autoestima com certeza é um desses benefícios. A imagem que cada u tem de si próprio acaba tento uma melhora.

A confiança e a segurança durante o ato sexual deixam de serem tão negativamente influenciados. Além de poderem passar a experimentar novas posições que podem trazer ao casal ainda mais prazer.

Os níveis de colesterol e açúcar no sangue provavelmente começaram a cair e proporcionar mais saúde. Além da melhora na circulação sanguínea que ajuda a manter o homem a manter a ereção e a mulher a atingir o orgasmo.

Conclusão

Não brinque com sua saúde. Se você leu até aqui é porque provavelmente está em uma situação de obesidade. Então procure um especialista e comece a colocar em prática as ações para sua melhora.

Boa sorte para você!

Ejaculação Precoce: Fique Ligado!

A ejaculação precoce é uma disfunção sexual que afeta homens, principalmente os mais novos. Na ejaculação precoce o homem goza muito rapidamente, não tendo um bom controle ejaculatório. Geralmente ele ejacula muito antes de sua parceira atingir o orgasmo, causando grande frustração em ambos.

Homem decepcionado pela sua situação

O que causa a ejaculação precoce?

Não há pesquisas científicas relatadas que comprovem de fato uma causa definitiva da ejaculação precoce. Porém, acredita-se que o mais provável é que ela esteja ligada tanto a fatores biológicos quanto a fatores psicológicos que atuam no desenvolvimento da disfunção.

Os aspectos psicológicos que são mais conhecidos são esses que nós relacionamos abaixo.

  • Ansiedade
  • Preocupação excessiva
  • Disfunção erétil
  • Problemas de relacionamento
  • Uso de alguns medicamentos psicotrópicos que podem ocasionar a ejaculação precoce.

Já em relação aos aspectos biológicos que podem estar relacionados as causas de desenvolvimento da ejaculação precoce, estão:

  • Desequilíbrio hormonal
  • Altos níveis de neurotransmissores
  • Atividade anormal do sistema ejaculatório
  • Distúrbios relacionados a tireoide
  • Inflamação ou infecção na próstata e na uretra
  • Fatores genéticos

Também podem estar ligadas as causas da ejaculação precoce algum dano no sistema nervoso referente a cirurgias ou traumas. Até mesmo o estresse pode ser considerado um desses fatores que interferem na ejaculação tornando-a precoce.

Quais são os sintomas da ejaculação precoce?

A Ejaculação Precoce pode ser compreendida em duas categorias distintas, chamadas de nível primário e nível secundário.

A conhecida ejaculação precoce de nível primário é aquela em que os problemas relacionados a ejaculação se apresentam ao longo de toda a vida sexual do indivíduo. Ela tem como característica os seguintes sintomas apresentado abaixo. É bom ressaltar que se tratam dos sintomas mais comuns e não de todos eles.

É comum o indivíduo com ejaculação precoce de nível primário apresentar dificuldade de manter uma ereção por mais de um minuto. Ele frequentemente não consegue retardar a ejaculação durante a relação sexual. Apresenta estresse, frequente frustração e não costuma ter intimidade sexual com sua parceira.

Casal afetado pela ejaculação precoce

Na ejaculação precoce de nível secundário os sintomas até que são semelhantes, entretanto, existe um ponto crucial que os diferencia. No nível secundário os indivíduos não apresentam os relativos sintomas a vida sexual inteira. Geralmente, existe um momento em que os sintomas começam a surgir e interferir negativamente no ato sexual.

No último caso, o momento em que esses sintomas começaram a surgir é de crucial importância para um tratamento adequado. Mudanças biológicas ou psicológicas podem ser identificadas de terem surgido nesse período e assim passando a ser evitadas, a medida do possível.

Quais as opções de tratamento para a ejaculação precoce?

Existem muitas opções para eliminar o problema de ejaculação precoce, hoje separamos algumas delas para falar. É relevante acrescentar que cada paciente pode necessitar de um tratamento diferente.

Controle ejaculatório

O homem pode fazer uma pausa quando houver muito estímulo e reduzi-lo a fim de manter o controle do processo ejaculatório. Mas isso pode ser frustrante para a parceira. Vale uma conversa antes.

Tratamento psicológico

Se o caso for de um homem com problema de ansiedade ou alguma outra questão psicológica, então o mais indicado é que se procure um psicólogo para realizar um acompanhamento adequado.

Uso de medicamentos

Homem se automedicando. Não faça isso!

Existem medicamentos que podem ser aplicados diretamente no órgão sexual. Ou até mesmo o uso de antidepressivos se for o caso. Tudo sempre com orientação médica. Não se automedique!

Idade

Isso mesmo! Às vezes é só uma questão de amadurecer. É comum adolescentes ejacularem rapidamente e depois, com o passar do tempo, terem maior controle sobre a ejaculação.

Conclusão

Essas são informações preciosas sobre ejaculação precoce, se você sofre com esse problema, faça bom uso delas. Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje.

Seu parceiro tem Ejaculação Precoce?

Saiba que você pode ajudá-lo a aprender como não gozar rápido.

Geralmente quando pensamos em ejaculação precoce logo o que vem em mente são homens. Isso é bem comum, já que a disfunção sexual está neles. A ejaculação precoce interfere muito na vida dos homens, mas também na vida das mulheres, afinal, trata-se de um casal e as mulheres podem sofrer, por exemplo, pelo fato de não conseguirem alcançar o orgasmo pelo fato da ejaculação ser muito rápido. Dessa forma não dá tempo.

Casal afetado pela ejaculação precoce

Existem questões importante que interferem muito no processo ejaculatório. Fatores psicológicos como dificuldade de comunicação entre o casal, casal inexperiente ou a própria preocupação com o desempenho sexual.

Existem também problemas biológicos como infecções urinárias, problemas do sistema nervoso e até mesmo questões hormonais que podem interferir na questão da ejaculação precoce.

Pesquisa Interessante

Veja esse relato.

Uma pesquisa realizada na universidade de Zurique, pela pesquisadora Andrea Burri, revelou fatos sobre a frustração das mulheres sobre o desempenho sexual apresentado pelo seu parceiro. A pesquisa, realizada com aproximadamente 2 mil mulheres, mostrou que 40% delas pensam que a ejaculação precoce interfere muito na satisfação sexual.

Acredita-se que a problemática está no fato de que o foco do homem durante a relação sexual acaba atrapalhando. O foco fica justamente em segurar o orgasmo, a concentração fica tanto nisso que acaba caindo no esquecimento o fato de agradar as parceiras as estimulando sexualmente com ações além da penetração.

Isso acaba deixando muitas mulheres extremamente frustradas.

Orientação Para as Mulheres

Existe algo muito simples porém bastante eficaz que você, mulher, pode fazer. Converse com seu parceiro. Sim, isso mesmo!

Acha que não vai funcionar? Faça o teste então.

Existem homens que sofrem de ejaculação precoce, mas não fazem ideia disso. Eles precisam descobrir como não ejacular rápido e darem mais satisfação sexual as suas parceiras. Para isso, é necessário procurar ajuda antes que a vida sexual de vocês seja profundamente afetada, a ponto de não existir mais.

Se você ajudar, isso pode ser evitado!

Converse com ele, para que busque um especialista ou, pelo menos, tente algumas técnicas alternativas para o controle da ejaculação. Deixe que ele perceba que você quer mesmo ajudar para que possam ter uma vida sexual mais prazerosa. Explique que isso será bom tanto para ele quanto para você.

Procurar um especialista é imortante

Seja Sábia

Os homens não gostam de conversar sobre isso, é constrangedor, podem até se sentirem humilhados. Então haja com sabedoria, usa de delicadeza quanto for abordar esse assunto com ele. Nunca diga que a culpa é dele. E sempre se refira a questão como algo que vocês 2 precisam resolver juntos.

Não fale sobre isso em qualquer momento, muito menos em momentos de raiva ou discussão de vocês. Faça com calma. Elogie ele, essa é uma ótima forma de começar e então vá introduzindo o assunto aos poucos. Não seja agressiva nas palavras.

Evite dizer frases como “você é rápido demais” ou “você não é suficiente para mim”. Ao invés disso, diga que é necessário ter um melhor controle da ejaculação, que aprender como não gozar rápido poderia acrescentar ao relacionamento de vocês, poderia trazer mais prazer para vocês dois.

Deixe-o Informado

Uma ótima ideia é sugerir um material para que ele leia e se mantenha melhor informado sobre o controle ejaculatório. Existe um livro digital muito interessante para isso, chamado Ejaculando Com Controle, que vai ser muito útil. Indique para ele.

Você mesma pode ler e ensinar para ele o passo a passo ensinado no livro, ele vai gostar disso.

Conclusão

Você como mulher, como parceira, tem toda a condição de ajudar seu parceiro. Seja carinhosa e compreensiva com ele. Esse é um problema para ser resolvido a dois.

O vídeo abaixo pode ajudar também.